Mat Pilates: exercícios que você precisa conhecer

O Mat Pilates é uma modalidade do Pilates onde os exercícios são realizados em solo, ou seja, sem a utilização dos tradicionais aparelhos. Neste caso, apenas bolas, elásticos, rolos e outros acessórios são utilizados.  

No total, são 34 tipos de exercícios de solo desenvolvidos por Joseph Pilates, que trazem movimentos de força, mobilidade e flexibilidade com o objetivo de melhorar a postura, respiração, reduzir as tensões musculares, entre outros benefícios do método.

No artigo de hoje, iremos abordar alguns dos principais exercícios do Mat Pilates que você precisa conhecer. Confira!

Hundred

Exercício clássico do Pilates, o Hundred proporciona ao seu praticante maior tonificação do abdômen, trabalha o equilíbrio, o fortalecimento do core abdominal e treinamento dos ciclos respiratórios.

Para a sua execução, o aluno deve deitar em decúbito dorsal (barriga para cima) e levantar as pernas de modo que elas fiquem esticadas ou flexionadas em um ângulo de 90 graus. Ao inspirar, a cabeça deve ser elevada ficando paralela ao tórax, com os braços estendidos ao longo do corpo com movimentos para baixo e para cima. Inspire e expire durante cinco movimentos, para então poder voltar à posição inicial.

Swimming

O Swimming auxilia no desenvolvimento do centro da força, trabalhando intensamente a musculatura do abdômen e lombar, proporcionando melhora no movimento do quadril na mobilidade e no fortalecimento da coluna vertebral.

Neste exercício o aluno deve ficar deitado de barriga para baixo, com as pernas em paralelo e os braços esticados, mantendo sempre a coluna alinhada. No momento da inspiração, levante suavemente a perna direita e o braço esquerdo, ao expirar retorne à posição inicial do exercício, na sequência repita os movimentos, elevando o braço e perna contrária.

Shoulder bridge

O Shoulder bridge é um excelente exercício para ganhar maior mobilidade da coluna, treinar a interação entre a cintura, bacia e costelas, além de também proporcionar o fortalecimento da parte posterior da coxa e glúteos.

O exercício inicia-se com o aluno deitado em decúbito dorsal com os joelhos flexionados e paralelos, os pés devem ser apoiados no chão na largura do quadril e os braços alongados junto ao corpo. Ao expirar o quadril deverá ser elevado e enquanto se inspira ele deve continuar nesta posição, voltando à posição inicial ao expirar novamente.

Arms circle

O Arms circle, é o exercício ideal para o relaxamento da musculatura da região dos ombros. Com ele é possível melhorar problemas relacionados à contratura e tensões musculares.

A posição inicial é deitada de barriga para cima com os braços estendidos ao longo de todo o corpo. A sua execução inicia-se com uma inspiração, ao expirar, os braços devem ser elevados até que os ombros fiquem flexionados a 90 graus, realizando assim, movimentos circulares para fora. Ao expirar, os braços devem voltar a posição inicial.

Push ups

O Push ups tem como objetivo o fortalecimento e a tonificação da musculatura dos membros superiores e peitoral.

Para iniciar o exercício a posição é de decúbito ventral (barriga para baixo), com as pernas paralelas e os braços devem ficar estendidos na altura do peito. Ao inspirar, leve os braços para próximo ao colchonete e durante a expiração, traga os braços novamente à posição inicial.

Roll down

O Roll down é um dos exercícios mais simples do Pilates. Ele promove a melhora da mobilidade das costas e coluna e o relaxamento da musculatura do ombro.

Para este exercício, o aluno deve ficar em posição vertical, com os pés afastados na largura dos ombros. O movimento inicia-se com a inspiração, mantendo a coluna em posição neutra. No momento da expiração, desça o copo enrolando-o para frente, tentando alcançar os pés e as canecas com as mãos. Inspire e enquanto o corpo está nesta posição, e então expire e retorne à posição inicial.

Pronto! Agora que você já conhece alguns exercícios de Mat Pilates, que tal começar a aplica-los em seu estúdio? Com certeza seus alunos irão adorar pela simplicidades dos exercícios e pelos benefícios que eles proporcionam.

 

Gostou da dica? Continue acompanhando o nosso blog para conferir mais dicas de Pilates para o seu estúdio!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais