Como se alimentar antes das aulas de Pilates

O Pilates é um método de atividade física criado pelo alemão Joseph Pilates, que tem como um de seus principais objetivos o reequilíbrio postural, além de visar fundamentos importantes, como, por exemplo, agilidade, equilíbrio, força, flexibilidade, entre outros.

As aulas ministradas no Pilates são mais dinâmicas, diferenciando-se um pouco dos métodos tradicionais de treinamento físico. Por isso, cada vez mais a técnica ganha mais adeptos, pois ela oferece, além da forma física, o alinhamento postural, evitando problemas futuros de má postura, relacionados diretamente a maus hábitos posturais.

Você sabe como se alimentar para obter melhores resultados

Uma alimentação nutritiva e balanceada é importante para a prática de qualquer atividade física e com o Pilates não seria diferente. Alimentar-se bem pela manhã, com alimentos nutritivos, incluindo fibras, carboidratos e proteína é uma ótima forma de colher bons frutos com a prática de Pilates.

Vale lembrar, que alguns alimentos em excesso podem prejudicar o treino, causando, inclusive, desconforto. Pois durante as aulas ficamos muito em posição de decúbito ventral, o que pode ocasionar um certo mal estar ao praticante. Por isso é necessário que darmos um tempo de 40 min a 1 hora depois da alimentação para começarmos a atividade.

Devemos, antes de mais nada, ingerir substâncias que nosso organismo necessite antes de se submeter a treinos que vão exigir gasto de energia além do normal. Esses alimentos são divididos em três grupos. Confira!

Grupos de alimentos

1. Alimentos construtores: leite, carne, ovos, ou seja, alimentos que vão fazer com que qualquer perda não seja retirada de seus músculos e sim desses alimentos.

2. Alimentos energéticos: são aqueles que garantem a anergia que você vai precisar durante o treino, como, por exemplo, arroz, batata, pão, cereais, gorduras, etc. Os que contêm gordura fornecem mais energia que os outros, pois liberam 9 calorias para cada grama e os outros, como carboidrato e proteína, apenas 4. Mas isso não quer dizer que não valha a pena ingeri-los. A batata-doce, por exemplo, é um carboidrato que libera a glicose no sangue de forma lenta, estendendo seus efeitos energéticos por bastante tempo.

3. Alimentos reguladores: são aqueles que fornecem ao organismo, vitaminas, sais minerais e fibras. Por isso devemos antes do treinos reforçar a alimentação com futas, que contêm fibras, além das vitaminas e sais minerais.

Sugestão de lanches ( procure lanchar de 40 a 1 hora antes do início da aula)

  • Frutas, como maçã ou banana e uma fatia de pão integral com um ovo mexido. 
  • Café com leite, com pão e requeijão.
  • Iogurte com frutas cortadinhas, como maçã e banana.
  • Batata-doce cozida na água e sal com casca e um pedaço de queijo branco.
  • Iogurte com granola e frutinhas picadas.

 

Para que você atinja os objetivos estabelecidos antes de iniciar qualquer atividade física, uma alimentação nutritiva e balanceada deve ser levada a sério. Por isso, os treinos tanto no Pilates, como em qualquer outra atividade física, que vai exigir de seu organismo maiores esforços, requerem uma alimentação prévia completa, como a descrita acima no nosso artigo.

No entanto, uma alimentação pós-treino é muito importante também, já que suas energias estão se esgotando e já precisam ser repostas. Mas isso seria um assunto para o próximo post! Ok?

E aí, se animou para começar suas aulas de Pilates! Que tal irmos em busca de um vida mais saudável… essa é a hora!

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais