É preciso ser instrutor de Pilates para abrir um studio ou franquia?    

 

A pergunta se é preciso ser instrutor de Pilates para abrir um studio ou franquia costuma ser bastante frequente entre quem busca começar um novo negócio nessa área. Afinal, quais são os conhecimentos que você precisará ter antes de dar um passo adiante nessa empreitada?  

No texto de hoje, separamos todas as informações sobre esse assunto, além de algumas dicas para que o sonho de ter seu studio saia do papel o quanto antes. Confira mais abaixo! 

 

Ser instrutor de Pilates para abrir um studio é obrigatório? 

 

Já adiantamos a resposta: não, você não precisa ser instrutor de Pilates para conseguir abrir seu studio. Isso é bastante óbvio quando falamos de empresas independentes, porém, quando o assunto é uma franquia – como é o caso da Pure Pilates – podem sobrar dúvidas a respeito das suas obrigações como franqueados. 

É claro que será preciso ter um instrutor no seu studio. Não é possível atender alunos sem a devida qualificação e sem seguir o padrão que uma franquia estabelece. E isso se aplica também a quem busca abrir um studio comum. 

Pense da seguinte forma: se você vai oferecer aulas de Pilates, elas precisam ser ministradas por quem entende do assunto. Se a ideia é que você toque esse processo por completo, então será necessário se especializar antes de mais nada.  

Mas, não há nenhum impedimento para que você apenas gerencie sua franquia ou negócio. Vamos a um exemplo simples: 

 

  • Se alguém decide abrir uma franquia de bolos, ela precisa cozinhar? Nem sempre. Pode contratar pessoas que saibam realizar esse processo, deixando a seu cargo questões mais administrativas. 

 

Porém, o mais comum é que instrutores decidam abrir uma franquia de Pilates – seja porque decidem começar uma carreira mais independente ou porque buscam uma forma de aplicar seus conhecimentos – e ampliar seus leques de atuação.  

 

Não sou instrutor, e agora? 

 

Se você não é instrutor de Pilates, mas quer investir nesse mercado tão promissor, já sabe que nada te impede de fazer isso, certo? Mas, como oferecer um bom trabalho e manter seus futuros alunos sempre dispostos a continuarem no seu studio. Algumas dicas são relevantes: 

 

  • Se houve interesse pela área, faça um curso e entenda melhor sobre o universo do Pilates. Se tornar um instrutor pode ser um caminho novo. 

 

  • Contrate bons professores. Isso fará toda a diferença e mostrará que seu studio é comprometido com a qualidade das aulas. Jamais ofereça aulas sem que alguém habilitado faça isso. Nós da Pure Pilates levamos a saúde muito a sério! 

 

  • Pague o que o trabalho de um instrutor vale. Geralmente, esse valor gira em torno de 40% da hora/aula cobrado do aluno. Será um diferencial ter bons profissionais no seu studio – e remunerá-los como merecem. 

 

Lembre-se que você pode investir em um studio de Pilates sem precisar ser um instrutor, porém, as aulas devem ser dadas por ele. Procure um profissional para começar o seu negócio com o pé direito. 

 

Quer mais informações sobre nossa franquia? Entre em contato através da nossa página oficial! 

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais