O que é o Power House e qual sua importância?

Quando o assunto é Pilates, é importante ensinar aos alunos logo nas primeiras aulas sobre a importância de se ativar o Power House. Este conceito foi criado pelo próprio Joseph Pilates e se refere aos músculos que representam o centro de força que existe em nosso corpo e que deve se manter em contração isométrica durante a atividade.

Acompanhe os detalhes a seguir para saber o que é o Power House e entenda a sua importância na prática correta do Pilates.

O que é o Power House?

power-house-1

O Power House, também conhecido como “centro da força” ou “core”, é o nome dado ao conjunto dos músculos profundos que estabilizam a coluna e são ativados nos exercícios de Pilates. De maneira simplificada, o Power House representa a área entre a base da sua caixa torácica e a linha que vai de um quadril ao outro.

Segundo Joseph Pilates, é a partir do Power House que se originam os movimentos do nosso corpo e, por esta razão, a sua ativação é essencial para dar início a qualquer movimento no Pilates.

O Power House é composto por quatro músculos:

  • Transverso do abdômen (TRA): É um músculo profundo ativado principalmente com exercícios de core e tem como função dar estabilidade às vertebras lombares;
  • Multífidos: Músculo interno localizado na coluna posterior. Sua finalidade é promover a estabilidade da coluna;
  • Assoalho pélvico: Também conhecido como períneo, é responsável pela sustentação visceral, ou seja, é a base de sustentação;
  • Diafragma: Com a forma de cúpula, é o principal encarregado pela respiração. Além disso, como possui interseções nas vértebras lombares, também tem importante função na estabilização da coluna.

Importante: Alguns especialistas também consideram outros músculos mais superficiais (oblíquos internos e externos, glúteo máximo e quadrado lombar) como integrantes do Power House.

Qual a importância do Power House?

Quando os músculos que compõem o Power House são ativados corretamente, o praticante de Pilates pode sentir melhoras em suas dores de coluna, postura, equilíbrio, incontinência urinária e diversos outros benefícios trazidos pelo método Pilates.

Além disso, a coordenação dos músculos, com a estabilização do tronco e da coluna lombar, ajuda a realizar os movimentos com maior segurança, o que, consequentemente, diminui os riscos de lesões na coluna.

Como ativar o Power House?

O modo correto de se ativar o Power House deve ser ensinado pelo instrutor já no começo das aulas, antes mesmo de se iniciar qualquer exercício. Deste modo, o aluno estará preparado para fazer os movimentos de Pilates.

Uma das maneiras de se ativar o Power House é deitado de barriga para cima, ou em qualquer posição, dependendo da consciência corporal do aluno. Com a coluna neutra, mantém-se o crescimento axial. Em seguida, com os dedos, o aluno toca as espinhas ilíacas anterossuperiores. Por fim, ele desliza dois dedos para dentro e dois para baixo. Neste local ele irá tocar superficialmente o TRA.

No momento da expiração forçada, o aluno deverá realizar a depressão do abdômen, afastando-o dos dedos e contraindo o assoalho pélvico.

O tempo para ativar o Power House irá depender de cada aluno, e provavelmente não será no primeiro dia de aula que ele irá conseguir. Nesse sentido, o trabalho dos instrutores é essencial para que os alunos apliquem os movimentos adequadamente sem comprometer a coluna.

 

Pronto! Agora você já sabe qual a importância do Power House dentro do método Pilates e, com base nesse conhecimento, poderá supervisionar seus alunos de modo que eles tenham um melhor rendimento nas aulas e, consequentemente, melhores resultados.

Gostou da dica? Continue acompanhando nosso blog para receber mais informações sobre Pilates!

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais