Obesidade e Coronavírus: Os fatores de risco

Obesidade e Coronavírus: Os fatores de risco
Avalie este post

A obesidade vem sendo relacionada ao coronavírus há algum tempo como um fator de risco bastante importante para o agravamento da doença. Mas poucas pessoas sabem ou compreendem ao certo o que é estar obeso e como o excesso de peso impacta realmente na luta contra os vírus e bactérias.

Por isso, no texto de hoje, trouxemos informações relevantes sobre o assunto e dicas que podem te ajudar a emagrecer, ficando mais saudável para enfrentar os mais diversos desafios do dia-a-dia, como é o caso da pandemia de covid19. Veja abaixo!

Afinal, qual a relação entre obesidade e coronavírus?

Black Week

Vem pra Pure
30% DE DESCONTO!

O coronavírus vem sendo alvo de muitas pesquisas ao longo deste ano todo. Afinal, a doença que deriva do contato com ele é extremamente perigosa para pessoas com comorbidades. Entre essas comorbidades, está a obesidade.

Embora não se saiba exatamente qual a relação entre o excesso de peso e a covid19, sabe-se que o número de gorduras elevado pode fazer com que o vírus se multiplique mais, causando um quadro mais severo da doença.

E isso vem sendo constatado por meio de estatísticas. Obesos estão entre os principais internados por causa da doença. Com tudo isso, o medo de estar acima do peso ganhou força e muita gente está se desesperando. Mas, calma, não precisa se preocupar tanto. Separamos dicas abaixo que podem aliviar sua tensão!

1- Emagrecer sem saúde não resolve o problema

Se você está obeso e quer perder peso por medo do novo coronavírus, saiba que fazer isso prejudicando sua saúde, ou seja, deixando de comer ou se alimentando pouco por dia e realizando excesso de atividades físicas, não será uma boa solução.

Sua imunidade precisa estar em dia. Então, procure um exercício mais tranquilo, como Pilates, e mude sua alimentação para melhor. Nada de comer pouco demais, a dica é comer bem e com qualidade!

2- Você pode não ser obeso

Nem sempre pessoas acima do peso são obesas. Faça o teste do IMC e veja se você está na linha de perigo. Se sim, siga a dica anterior e tente ter uma vida mais saudável. Se não, faça o mesmo. Viver saudável é sempre uma boa opção para lidar com qualquer doença!

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos e familiares. Até a próxima!

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais