Pilates Clássico e Contemporâneo: saiba a diferença

O Pilates é um método antigo de treinamento físico, desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates em 1920. Tem como principal objetivo reequilibrar o corpo e mente de forma integral, promovendo melhoras significativas em vários fundamentos, como, por exemplo, força, equilíbrio, agilidade, coordenação motora, entre muitas outras.

A prática do Pilates está cada vez mais em destaque na área de atividade física devido aos seus benefícios à saúde, principalmente no que diz respeito ao realinhamento postural. A prática do método promove uma conscientização postural muito eficaz que reeduca o indivíduo a se posicionar em suas diversas tarefas diárias e por isso ele vê excelentes resultados na sua saúde de uma forma geral.

Vertentes do Pilates

O método Pilates conta no Brasil com uma série de vertentes, podemos assim dizer. Geralmente essas vertentes dividem a prática em duas: uma delas é a Metodologia Clássica ou Original e a outra vertente a classifica como Moderna ou Contemporânea.

Na verdade a ideia é uma só e isso não mudou, só que por ser um método muito antigo, como já mencionamos aqui, ele se renovou devido as necessidades que foram se apresentando com o decorrer do tempo.

Novos aparelhos foram criados a partir dos mais antigos, idealizados pelo criador do método, além de muito acessórios fazerem também parte de uma metodologia que a cada dia se mostra mais diversificada.

Isso proporciona ao aluno que não se identifica com os métodos tradicionais de atividade física, como a ginástica calistênica ou localizada e a musculação, outra forma de se exercitar e trazer mais saúde para sua rotina de vida.

Metodologia Clássica ou Original

A metodologia Clássica é a que foi desenvolvida pelo criador do método, Joseph Pilates, e hoje é utilizada por poucos profissionais, pois o método atualmente possui muitos recursos que foram adicionados em termos de materiais e suas próprias técnicas que foram se aperfeiçoando com o tempo.

Metodologia Contemporânea

A metodologia Contemporânea, na verdade, foi reformulada por uma segunda geração seguidora do Pilates, que através de conhecimentos científicos aperfeiçoaram e adaptaram a técnica. Algumas mudanças foram observadas no decorrer do tempo que resultou essa nova vertente, entre elas podemos citar uma reorganização dos exercícios na sua ordem e variações, objetivando resultados ainda melhores em relação à respiração e correção postural, com o objetivo de manter as curvas naturais da coluna.

Uma das mudanças mais significativas é que atualmente o método conta com diversos acessórios, como: arcoflex, bola Suiça, disco de propriocepção, faixas elásticas para alongamento, caneleiras, entre outros.

Vale ressaltar, que todas as mudanças ocorridas através dos tempos sofreram adaptações para que todo o tipo de pessoas, com as mais diversas características individuais pudessem praticar o método. Mas o mais importante e que os Princípios do Método Pilates se mantêm até hoje, tanto na vertente Clássica, quanto na Contemporânea.

Seja para o objetivo de reabilitação ou para o funcional você deverá buscar um estúdio que lhe ofereça opções sobre qual método é o mais indicado para seu caso. Lembrando que ambos possuem os mesmos objetivos e alcanças excelentes resultados!

Não deixe para depois, comece hoje mesmo suas aulas de Pilates e quanto à metodologia, tenha certeza que será sempre utilizada a melhor possível! Os profissionais saberão indicar a mais apropriada para o seu caso! Agende sua aula gratuita!

 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais