Pilates e Biodinâmica

Que o Pilates é um método que une o condicionamento físico, mental e emocional, que melhora a disposição e saúde de quem o pratica, você já sabe. A novidade é que, quando somado à psicologia biodinâmica, o método se potencializa e pode trazer resultados ainda mais surpreendentes. Essa soma é conhecida como Pilates Biodinâmico e ele tem como objetivo o cuidado da mente e das emoções por meio de exercícios físicos conscientes e elaborados para cada aluno de forma individual.

Mas o que é a de Psicologia Biodinâmica?

Ela consiste em uma técnica de psicoterapia corporal, criada na década de 60, em Londres, pela psicóloga e fisioterapeuta norueguesa, Gerda Boyesen. A psicologia biodinâmica é a soma dos fundamentos de profissionais de diversas áreas como Aadel Bülow-Hansen no âmbito da fisioterapia; a psicanálise de Freud com o desenvolvimento psicossexual, conceitos de fixação e regressão, estudo dos mecanismos de defesa, entre outros; a psicoterapia corporal de Wilhelm Reich e seus conceitos como bioenergia e valorização da vitalidade e do prazer; e outras abordagens energéticas.

Como funciona a soma dessas duas práticas?

O Pilates Biodinâmico propõe uma visão de mundo onde o corpo e a mente fazem parte de um mesmo organismo e devem ser trabalhados em conjunto. Ele leva em consideração as singularidades de cada pessoa e incentiva a criatividade, potência e espontaneidade com afetividade, tolerância e de forma não-invasiva.

A analista biodinâmica e educadora física, Sandra de Abreu Alves, responsável pela soma dessas duas técnicas, explica que a nova proposta utiliza técnicas de leitura corporal para construir as séries de exercícios a serem aplicados, além do uso de massagens, polarizações, exercícios de grounding e uma adaptação do exercício conhecido como Jellyfish.

Como o Pilates Biodinâmico é aplicado?

É preciso que o instrutor tenha conhecimento profundo em psicologia biodinâmica e no método Pilates para poder aplicar corretamente ambas as práticas. Para que o aluno não sofra de desencorajamento o instrutor, além de abrir mão de suas expectativas, deve se preocupar com as características do caráter de cada aluno e a compatibilidade do exercício sugerido.

Na teoria biodinâmica a primeira necessidade da pessoa é ser acolhida. Por isso, o instrutor precisa estar presente para ouvir, tocar, massagear, oferecer compaixão e propor movimentos que possam favorecer a expressão dos sentimentos, para alcançar bem-estar e autorregulação.  

No Pilates Biodinâmico, a função do instrutor é o de conduzir o aluno no desenvolvimento do potencial físico e mental, respeitando seus limites. Mais do que endireitar a coluna é preciso criar oportunidades para que haja transformação e que o indivíduo encontre em si o equilíbrio.

O respeito ao ritmo de cada indivíduo é uma ferramenta poderosa que irão gerar mudanças físicas acompanhadas de mudanças no comportamento do aluno e em seu padrão.

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais