O Pilates e a prevenção de doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares são aquelas que afetam o coração e a corrente sanguínea, desencadeando diversas condições, como o AVC (Acidente Vascular Cerebral) e angina no peito (dor devido a baixa produção de oxigênio pelo organismo).  As doenças que afetam o coração são a maior causa de mortalidade no Brasil, por isso, é importante se prevenir e cuidar da saúde, para evitar o risco de ser acometido por tais problemas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a prática de exercícios físicos regulares pode reduzir em até 25% o risco de problemas cardíacos.

Você sabia que o Pilates pode te ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares? Saiba como.

O Pilates é uma atividade que trabalha com diversos músculos, desenvolvendo flexibilidade, força e aumentando o equilíbrio e o condicionamento, também aumenta a capacidade respiratória e, como toda atividade física, faz bem para o estado mental, devido a produção de endorfina, substância que produz sensação de bem-estar.

Entre as causas das doenças cardiovasculares estão:

– Níveis de colesterol “ruim” no sangue;

– Pressão alta;

– Diabetes;

– Tabagismo;

– Obesidade;

– Sedentarismo;

Praticar Pilates aumenta a massa magra no corpo, evitando o desenvolvimento da obesidade e colaborando para que não haja sedentarismo, também diminui as dores musculares (as quais as doenças cardíacas desencadeiam muitas vezes).

Associar uma alimentação saudável ao Pilates também é imprescindível para manter o corpo funcionando de maneira saudável. Entretanto, lembre-se de procurar um profissional da área para auxiliá-lo na prática do Pilates e garantir que essa seja feita de maneira correta, isso vale tanto para pacientes já diagnosticados, quanto para aqueles que desejam prevenir a possibilidade de doenças cardíacas.

Existem estudos que mostram a eficácia e os benefícios do Pilates para a saúde de cardiopatas, a partir de exercícios leves e moderados, que não exijam esforço físico extremo.

É indicado que o paciente que já possui alguma doença de cunho cardiovascular comece a exercer o Pilates assim que houver liberação clínica (junto à ajuda de um especialista na área de exercícios físicos), e aqueles que querem começar já a prática, que busquem um local apropriado e sigam, sem menos importância, orientações profissionais também.

Após as sessões, busque sempre descansar, se hidratar e verificar seus batimentos cardíacos e funcionamento dos órgãos, para garantir que não há nada fora do lugar e permanecer saudável.

Após entender as qualidades do Pilates e como usá-lo a seu favor, você deve estar se perguntando onde encontrar um profissional qualificado para auxiliá-lo a começar já sua prática, não?

Clique aqui para conhecer a Pure Pilates e começar já a melhorar sua qualidade de vida!

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais