Por quê investir em uma microfranquia?

Empreender significa, para algumas pessoas, investir uma determinada quantia de dinheiro para trabalhar e assumir os custos e despesas de um negócio próprio, em troca da possibilidade de obter ganhos maiores. Já para outras, o ato de empreender significa simplesmente ‘se livrar’ do patrão. De qualquer forma, abrir um negócio com marca própria exigirá ao empresário muito esforço e investimento.

E visando driblar estas dificuldades, muitos empreendedores têm recorrido ao mercado de franquias. Estas não só possuem uma marca testada e já consolidada no mercado, como também oferecem um risco menor de investimento e um suporte especializado para o franqueado obter os resultados tão esperados. E dentre os diversos formatos disponíveis, encontram-se as microfranquias.

Para quem está procurando boas oportunidades de investimento, as microfranquias representam uma alternativa viável e rápida, já que exigem um investimento inicial mais baixo e podem gerar um faturamento semelhante ou até maior ao de uma franquia tradicional. A seguir, conheça as características gerais de uma microfranquia e as diversas vantagens que ela pode gerar ao franqueado. Confira:

O que é uma microfranquia?

A microfranquia é uma empresa que exige um investimento inicial inferior ao da franquia tradicional. Para ser classificado como microfranquia, um negócio precisa ter um valor máximo de investimento equivalente à três vezes o PIB anual per capita (Produto Interno Bruto anual médio por habitante do país). Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), este valor é de aproximadamente R$ 80.000,00.

Isto significa que aquelas franquias que exigem um investimento inicial estimado em até 80 mil reais podem ser chamadas de microfranquias. Estas, apesar de terem um valor de investimento mais baixo, possuem os mesmos riscos, desafios, direitos e obrigações das franquias convencionais. As microfranquias também são previamente estruturadas e testadas, o que pode aumentar as chances de sucesso dos microempreendedores.

Que benefícios ela gera para o franqueado?

Nos últimos anos, as microfranquias têm transformado a realidade econômica e social de muitos empresários no Brasil. Além do baixo investimento necessário para sua implantação, outras vantagens da microfranquia tem motivado cada vez mais empreendedores a investir neste tipo de negócio, que muito provavelmente eles não teriam caso abrissem um negócio por contra própria. Conheça-as:

Negócio previamente testado e estruturado

A primeira vantagem de se abrir uma microfranquia ao invés de uma marca própria é a de contar com um negócio já testado no mercado e reconhecido pelo público. Isso pode aumentar drasticamente as chances de sucesso do microempreendedor. Além disso, o franqueador já possui informações sobre o perfil dos clientes e dos concorrentes da marca, transferindo-as para o empreendedor para que ele possa se destacar em sua região. 

Apoio constante do franqueador

Ao investir em uma microfranquia, o empreendedor poderá contar com o apoio do franqueador, seja por meio de materiais de apoio, seja por treinamentos. Os manuais entregues geralmente contêm todo o conhecimento do franqueador para a operação do negócio. Esta, sem dúvida, é uma grande vantagem, já que permitirá ao franqueado dominar o funcionamento do negócio mais rapidamente.

Economia com insumos e propaganda

Numa rede de microfranquias, os custos com propaganda são rateados entre os seus franqueados, reduzindo assim os investimentos que cada um teria que fazer para divulgar o seu negócio. Há também uma drástica redução nos preços de máquinas, equipamentos, insumos e instalações, já que eles podem ser comprados em escala e a marca possui uma forte parceria com os fornecedores.

Melhor planejamento dos custos de instalação

Num negócio independente, os custos com instalação costumam gerar vários problemas financeiros para o fluxo de caixa do empresário. Mas se ele investir em uma microfranquia (que exija um ponto comercial para sua operação), o franqueador realizará todos os cálculos dos custos com base em sua unidade-padrão e oferecerá todo o apoio necessário à construção e instalação do estabelecimento do franqueado. 

Análise e acompanhamento do mercado

Grande parte dos pequenos empresários, seja por falta de tempo, seja de habilidade, não pode prever fatos econômicos e político-sociais que possam afetar a sua microfranquia. Daí a importância de se contar com o apoio do franqueador, que fica responsável por analisar o mercado e informar ao empreendedor se ele pode investir em uma nova franquia da marca ou expandir a sua atuação para que ele fica menos exposto ao risco financeiro.

Como escolher a melhor microfranquia para investir?

Hoje, existem centenas de microfranquias disponíveis no mercado, que oferecem aos empreendedores a oportunidade de terem o seu próprio negócio a um custo bastante atrativo e obterem todas as vantagens citadas anteriormente. Mas antes de tomar qualquer decisão, é importante que você analise o tipo de negócio de cada franqueador e verifique a visibilidade da sua marca perante aos consumidores e ao próprio mercado. 

E para obter mais informações sobre cada microfranquia, como taxas de pagamento, faturamento médio e quantidade de estabelecimentos por região, visite o canal da ABF na internet. Estas informações, sem dúvida, influenciarão diretamente na sua percepção sobre os resultados que uma determinada rede de microfranquias pode gerar. Lembre-se de verificar o apoio que o franqueador dá, pois ele será essencial para o sucesso do seu negócio.

Viu só quantos benefícios o investimento em uma microfranquia pode gerar para você? Caso ainda tenha alguma dúvida sobre este formato de franquia, deixe-a para a gente nos comentários para que possamos ajudá-lo!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais