Qual o gasto mensal de um studio de Pilates?

Qual o gasto mensal de um studio de Pilates?
Avalie este post

Saber o gasto mensal de um studio de Pilates é importante para que seja possível decidir se vale ou não a pena investir na franquia ou mesmo no negócio independente. No texto de hoje, separamos algumas informações relevantes sobre esse assunto e que vão te ajudar a ter uma ideia melhor dos desafios que um studio de Pilates traz e como administrar isso de maneira mais inteligente e com a certeza de que ele vai durar muitos e muitos anos. Confira abaixo as dicas que trouxemos!

Gasto mensal de um studio de Pilates – Dá para mensurar?

Agende a Sua Aula Experimental

Agende a Sua Aula Gratuita num dos mais de 60 Espaços Pure Pilates em São Paulo.

Vamos adiantar que, como qualquer negócio, é difícil mensurar qual o gasto mensal de um studio de Pilates, pois isso depende de inúmeros fatores que podem variar dependendo da localidade onde ele foi aberto, o número de alunos, o lucro geral, a necessidade de reforma do prédio, sua disponibilidade para gerir o espaço, etc.
Então, vamos listar alguns dos gastos, sem falar em números exatos. Vamos lá!

1- Gasto com a abertura em si

A abertura de um studio de Pilates gera gastos. No caso da franquia, esse valor é bem menor do que no studio independente, exatamente porque há todo um suporte para que o franqueado possa economizar, especialmente em marketing e divulgação.
Mesmo assim, é preciso colocar no papel o quanto você vai gastar até a inauguração, especialmente na espaço, que pode precisar de reformas ou adequações para que seja perfeito para receber seus alunos.

Porém, esse é um gasto inicial que não se reflete no mês a mês. Após ele, deverão ser considerados apenas os gastos de manutenção, conforme vamos explicar mais abaixo. De toda forma, vale a pena levá-lo em consideração e ter, além do valor inicial, uma reserva financeira, chamada de Capital de Giro.

2- Gastos com instrutores

Os instrutores não podem ser considerados gastos e sim investimentos para que você tenha alunos satisfeitos com os serviços prestados. Os instrutores podem ganhar por aula ou por mês e esse acordo depende da quantidade de alunos que o studio tem e de como ele pode se comprometer com o profissional.

Seja como for, é preciso fazer uma planilha e definir quanto será o lucro do studio e quanto será o valor pago ao instrutor para realizar aquela aula.

3- Gastos gerais

Além dos gastos com os profissionais que trabalham no studio, há também os gastos gerais, como energia, água e internet. Eles devem ser incluídos na sua planilha financeira e as contas devem ser pagas sem atrasos para evitar multas.

Gostou das dicas de hoje sobre qual o gasto mensal de um studio de Pilates? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos e familiares.

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais