Como aumentar o capital de giro da sua empresa?

Como aumentar o capital de giro da sua empresa?
Avalie este post

Aumentar o capital de giro é uma forma importante de conseguir se manter em tempos de crises e evitar problemas enormes, como o próprio fechamento da empresa quando há menos vendas ou até paralisação do negócio como um todo, exatamente como vem acontecendo em tempos de pandemia.

Mas muitos empreendedores iniciantes não sabem exatamente como fazer para engordar essa reserva financeira e acreditam que isso é impossível nesse momento. Para ajudar vocês nessa tarefa, separamos abaixo algumas dicas que vão deixá-la mais clara. Confira!

3 dicas para aumentar o capital de giro!

Pratique Pilates em Casa e supere a ansiedade da quarentena.

Agende sua Aula Experimental Online de Pilates ao vivo com um professor e descubra como a Pure Pilates já ajudou mais de 15 mil pessoas!

Parece bastante difícil aumentar o capital de giro, nós sabemos. Especialmente se você começou o seu negócio com uma reserva pequena, algo que não é muito recomendado pelos especialistas. Mas é possível reverter a situação com algumas atitudes que são bem simples. Veja!

1- Faça uma reserva mensal!

Pode parecer difícil pensar em fazer um reserva – ou até mesmo uma dica simples demais. Porém, é muito comum que empresários passem o mês todo sem considerar guardar ao menos 10% do que recebem de forma bruta, por sempre encontrarem outros investimentos mais importantes.

Então, antes de fazer uma reforma, aumentar o fornecimento de algum produto, aumentar o marketing… Procure guardar 10% dos rendimentos brutos para o seu capital de giro. Faça isso todos os meses, sem exceção!

2- Faça do capital de giro uma dívida!

Se você tem dificuldades para reservar o dinheiro que irá para aumentar o seu capital de giro, uma boa dica é fazer dele uma dívida mensal, da qual você precisa pagar obrigatoriamente, como se fosse um fornecedor ou qualquer outro pagamento essencial.

Se preciso, peça ajuda para alguém do financeiro ou produza boletos que serão colocados na sua conta e transferidos posteriormente. Essa é uma estratégia boa para microempreendedores, que têm mais dificuldade em guardar dinheiro e separar as finanças pessoais das finanças da empresa.

3- Não mexa no capital de giro!

O capital de giro deve ser algo que você não mexe, a não ser quando há uma emergência e não há nenhum outro recurso disponível além dele. Ficar apertado ou no vermelho não é motivo para mexer no capital de giro: tente negociar com credores e mudar a estratégia da empresa antes.

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe o texto nas redes sociais com seus amigos e familiares. Até a próxima!

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais