Como planejar uma aula de Pilates

Com a prática vem a experiência e após certo tempo dando aula, o profissional cria um jeito próprio de fazer o planejamento de uma aula de Pilates, seja seguindo uma metodologia pronta ou adaptando algum aspecto. O professor tem a liberdade e um vasto repertório de exercícios para preparar sua aula, porém é importante seguir alguns pontos básicos.

Dicas para o planejamento de uma aula de Pilates

  • É primordial que o professor converse com o aluno para conhecer o objetivo, o resultado que ele busca, quais são as expectativas e prioridades;

  • Uma avaliação física também se faz necessária, pois nela o professor irá identificar os possíveis desvios posturais e os músculos que estão em desequilíbrio;

  • É importante avaliar como as articulações deverão ser trabalhadas, se necessitam de mobilidade e/ou estabilidade. Entender quais músculos precisam eliminar tensão, alongar ou estabilizar;

  • Nas aulas iniciais, é fundamental, que o aluno seja apresentado aos exercícios fundamentais e de respiração. É importante que ele entenda conceitos e termos: crescer, alongar a coluna, encaixar os quadris, abrir peito e outros comumente utilizados;

  • Os exercícios podem ser separados por equipamentos. É possível preparar dois ou três exercícios para cada equipamento, procurando estimular o mesmo grupo muscular. Como selecionar estes exercícios vai depender da estratégia do professor e do perfil do aluno;

  • É importante sempre manter em mente a avaliação feita inicialmente. Caso o aluno tenha relatado alguma dor ou dificuldade, o professor deve ter estratégias para mudar de exercício ou alterar a forma de realizá-lo para que não venha causar desconforto ou até mesmo desestimular o aluno.

Aula com equilíbrio

Após a aula preparada, o instrutor deve verificar se existe equilíbrio entre os exercícios, garantindo que os músculos estão sendo estimulados de forma equilibrada dentro de cada cadeia muscular. É preciso verificar também se os exercícios utilizam as várias posições: de pé, quatro apoios, sentado, deitado, etc.

Aquecimento

Caso alguma cadeia de músculos não tenha sido utilizada no plano de aula, pode ser trabalhada no aquecimento. O ideal é que sejam executadas a preparação e a compensação do movimento.

Mudança de estratégia

É muito importante criar as estratégias de acordo com o perfil do aluno. Porém, o professor também deve estar pronto para alterar os exercícios no caso do aluno apresentar alguma queixa, como dor.

Os exercícios também devem ser modificados de acordo com a evolução do aluno. É preciso preparar aulas diferentes para iniciantes, avançados e aula experimental.

De acordo com o desempenho do aluno, a aula pode se tornar mais fácil ou mais difícil. Também deve existir a preocupação em variar a forma de execução do exercício, tornando assim a aula mais interessante e dinâmica.

Conheça a Pure Pilates

Em 2009 nasceu a Pure Pilates, cujo objetivo é proporcionar melhor qualidade de vida para a comunidade. Uma jovem e moderna franquia de academias, com atendimento diferenciado no método Pilates, trazendo o que há de mais novo no mercado.

Aulas com no máximo três alunos em equipamentos de alta qualidade e um App exclusivo para controle de aulas. Através do sistema de franquias, a Pure Pilates pode ser encontrada em diversos pontos da cidade. 

Se você tem alguma estratégia diferente para o planejamento das aulas de Pilates, compartilhe conosco. E para ser um de nossos franqueados, entre em contato!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais