Conheça as principais diferenças entre Pilates e Yoga

Concentração, autocontrole e consciência respiratória são algumas das semelhanças que tanto a prática de Yoga como a de Pilates trazem para o seu dia a dia e, por isso, muitas pessoas se confundem e passam a acreditar que as duas práticas são a mesma coisa. A verdade é que as diferenças são maiores do que as semelhanças. Confira abaixo as principais diferenças ente Pilates e Yoga:

Principais diferenças entre Pilates e Yoga

A confusão ocorre porque, ao criar o método, Joseph Pilates se inspirou em algumas posições do Yoga. Porém, o alemão adicionou seu conhecimento de treinador físico e a descoberta da oportunidade de utilização das molas para criar uma nova modalidade de exercício físico focado na repetição de movimentos. Sendo o Yoga um método oriental e o Pilates um método ocidental podemos encontrar muitas diferenças tanto no exercício como em suas filosofias.

Objetivos de cada método

Talvez a principal diferença entre os dois métodos é de que o Pilates tem como objetivo o fortalecimento do corpo e da mente para prevenção contra doenças e aumento na qualidade de vida. Já o Yoga tem como objetivo unir o corpo e a mente para fortalecer o espírito.

As práticas

Enquanto o método Pilates consiste na série de movimentos controlados, sem focar na quantidade, mas na qualidade do movimento, o Yoga está focado nas posturas e na concentração em executar cada uma delas. Além disso, o Yoga utiliza apenas o peso do corpo para fortalecer os músculos e trabalha o corpo como um todo. Já o Pilates trabalha cada parte do corpo de forma individual, ou seja, cada movimento está focado em fortalecer uma região específica. E apesar de existir a prática em solo, o Pilates utiliza aparelhos para a sua prática.

Respiração

A respiração é importante nos dois métodos, mas a forma de fazer isso é um pouco diferente. Inspirar pelo nariz e soltar pela boca de forma coordenada e com foco na contração do abdômen é a forma como o Pilates trabalha a respiração e a consciência respiratória dos seus praticantes. No Yoga, a respiração é feita toda pelo nariz de forma profunda e em algumas práticas, anasalada.

Indicações de Pilates e Yoga

O Yoga é indicado para quem busca uma filosofia de vida por meio do exercício físico, com foco na meditação. O Pilates é indicado para quem quer melhorar a sua qualidade de vida, evitar dores na coluna e melhorar a postura. Ambas as práticas resultam em melhora na flexibilidade e na respiração, então cabe a você decidir qual o seu objetivo e escolher o exercício que mais combina com o seu estilo de vida.

O Pilates, por muitas vezes, acaba por se tornar uma alternativa mais eficaz para aqueles que precisam praticar exercícios mas não conseguem se adaptar às rotinas das academias, por falta de identificação ou qualquer outro motivo. Na Pure Pilates as aulas são conduzidas por profissionais experientes e treinados que dão total atenção aos alunos. Agende uma aula experimental gratuita próxima de você clicando aqui.

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais