Diferenças entre franquias e o próprio negócio!

As diferenças entre franquias e o próprio negócio são enormes – especialmente quando estamos falando de produtos ou serviços altamente consolidados no mercado.  

Para quem quer empreender e ter independência, será que a franquia vale a pena? Como escolher qual negócio vale mais a pena para o seu caso? 

No texto de hoje, separamos algumas dicas importantes sobre esse assunto! Confira! 

 

Diferenças entre franquias e o próprio negócio – Autonomia e independência 

 

Antes de mais nada, é preciso entender que autonomia e independência não são coisas impossíveis de conseguir em uma franquia. Tudo depende do modelo que você optará e também do que existe na sua mente em relação ao que essas coisas significam. 

Por exemplo, quem escolher abrir uma franquia de alguma perfumaria famosa, que envolve fabricação de produtos, mudar esse processo é quase impossível.  

Mas, quem opta por franquias de serviços, como é o caso da Pure Pilates, a liberdade é muito maior – especialmente em relação aos horários de abertura e outros pontos.  

Então, vale a pena saber qual o segmento que você irá atuar – através disso, pesar o quanto a independência em relação aos produtos e aos serviços é importante para sua felicidade como empreendedor. 

 

A questão do valor investido 

 

Muitas pessoas acreditam que as diferenças entre franquias e o próprio negócio são muito maiores quando falamos de valor investido. Há quem pense que andar sozinho pode ser mais econômico do que pagar para ter toda a estrutura de uma franquia.  

Mas, essa não é bem uma verdade absoluta. Algumas franquias são bem acessíveis e oferecem suportes que demandariam um gasto enorme para fazer isso de maneira independente. Alguns desses gastos valem a pena serem citados: 

 

  • Marketing 

 

Hoje, gastar com marketing é uma realidade inegável. Aliás, pode-se dizer que é um dos investimentos mais importantes que um empreendedor poderá fazer. Por isso, é válido pensar o que a franquia pesquisada tem a oferecer nesse sentido – ela irá trazer uma imagem já consolidada no mercado, tem um público fiel, redes sociais ativas? 

Tudo isso é importante e precisa ser considerado como as diferenças entre franquias e o próprio negócio – uma das mais essenciais.  

 

  • Consultoria de ponto 

 

Além disso, a consultoria na hora de abrir um negócio próprio precisa ser paga a parte – como a escolha do local de abertura, sistema de vendas, atendimento ao cliente que procura aquele tipo de serviço e outros pontos importantes.  

Coloque tudo na ponta do lápis e veja se o valor investido na franquia não será mais baixo d que cuidar desses detalhes sozinho.  

 

 

Diferenças entre franquias e o próprio negócio – Conclusões! 

 

Por tudo que falamos, a decisão de escolher entre uma franquia e o próprio negócio se baseia em três pontos: quanto você vai gastar, quanto vai ter de retorno e qual a liberdade que almeja.  

Pense em cada detalhe e no que realmente importa para te tornar uma pessoa feliz no seu trabalho. Lembre-se que esse é um passo importante e merece ser feito com cuidado. 

 

Caso você decida por uma franquia de Pilates, temos excelentes condições para oferecer. Confira! 

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais