Exercícios de Pilates

Os exercícios de pilates podem ser praticados com ou sem o auxílio de acessórios, como os rolos, bolas, thera band, flex ring, molas e discos de rotação e equilíbrio. Eles tendem a trabalhar todos os grupos musculares, desafiando o aluno a desenvolver flexibilidade, força e a capacidade proprioceptiva.

Dentre os exercícios propostos por Joseph Pilates, há uma variação no grau de dificuldade e as regiões que eles trabalham. No post de hoje, listamos x deles para que você conheça ainda mais sobre essa prática que conquista mais adeptos a cada dia.

Perdigueiro, ou Quadrúpede

O exercício pode ser feito no solo ou então com auxílio do aparelho. Além de trabalhar a região do core, abdome e costas, também fortalece os glúteos, melhorando o equilíbrio e a estabilidade por permitir o engajamento da cintura pélvica e escapular.

O grande desafio do Perdigueiro é manter a postura ao retirar os apoios do chão.

Shoulder Bridge

Para poder executar o exercício, é preciso o auxílio de uma bola. Ele trabalha uma série de coisas, e dentre elas, e a mais importante, é a mobilização de coluna, ou seja, ganhar movimentos entre as vértebras para que a coluna se mantenha saudável.

Ele também treina a interação entre as costelas, cintura escapular, e bacia, além de fortalecer os glúteos posteriores da coxa.

Elevação de perna, ou Leg Pull

É um exercício avançado da série clássica Mat Pilates, e um dos últimos a ser passados para os alunos. Ele trabalha o fortalecimento de toda a cadeia posterior: ombros, cotovelos e extensores de quadril e coluna.

Para pode executá-lo, é preciso antes saber o primeiro suporte, aproveitando bem a abertura do peito e do coxo femoral.

Tesoura no ar, ou Scissors

A Scissors é um exercício considerado de dificuldade mediana. Ele exige do aluno força, alongamento e controle da musculatura flexora e extensora do quadril e promove a elasticidade da cintura escapular e pélvica.

Mergulho do Cisne – Swan Dive

Esse exercício é considerado de dificuldade intermediária. Durante a sua execução, serão trabalhados a lombar e o controle do core e braços.

Ao iniciar o movimento, a coluna deve se estender uniformemente, a extensão deve ser feita até onde houver suporte abdominal e é preciso evitar estender demais o pescoço, que deve seguir a coluna torácica.

É importante lembrar que todos os exercícios exigem concentração e flexibilidade dos praticantes, e proporcionam inúmeros benefícios à saúde, se feitos de forma correta, respeitando os limites de cada um. Por isso, é essencial contar com o acompanhamento de profissionais especialistas em pilates, para que os exercícios tenham o melhor aproveitamento possível e não gerem lesões por problemas de execução.

E você, já fez algum dos exercícios que listamos aqui? Ficou com alguma dúvida sobre as partes do corpo que eles trabalham? Escreva pra gente pelos comentários. 

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais