Dicas para corredores evitarem lesões nos treinos!

Muitas lesões nos treinos de corredores ocorrem por motivos simples, que poderiam ser facilmente evitados com cuidado e medidas certas, como o fortalecimento muscular, por exemplo. Quem corre, sabe: é preciso se preocupar em dobro com as articulações e com os obstáculos pela frente, pois uma lesão pode colocar toda uma competição em risco.

No texto de hoje, separamos algumas dicas sobre o assunto! Confira!

 

Lesões nos treinos – O que pode causá-las?

 

A maioria das lesões nos treinos tem causas evitáveis, ou seja, podiam ser previstas de alguma forma, seja por erro do atleta ou mesmo por problemas no ambiente. No caso do ambiente, não há muito o que fazer para prever uma pedra no meio do caminho ou mesmo um desnível – embora seja sempre possível reconhecer sua rota antes de treinar pesado.

Como dica para a questão ambiental, é válido pensar em correr em lugares com melhores condições do asfalto e evitar ir para ruas desconhecidas sem antes verificar as condições delas.

Mas, mesmo com todos esses cuidados, podemos ser surpreendidos e precisamos estar preparados para que as lesões não ocorram, mesmo que haja um problema no ambiente. E quais são as causas que intensificam os riscos?

 

  • O principal fator de risco para lesões nos treinos de corrida, além do ambiental, é quando nosso corpo não está preparado para lidar com os desníveis e com as surpresas negativas que a rua pode trazer.

 

  • Isso ocorre, basicamente, porque nossos músculos não estão fortes o suficiente. Geralmente, o motivo é para que isso ocorra é o fato dos corredores acreditarem que apenas os treinos bastam para que seus músculos fiquem fortes e prontos para a atividade.

 

  • É justamente o contrário: quem corre precisa fortalecer os músculos, pois são eles que irão evitar uma lesão grave em casos de desnível no asfalto ou mesmo em uma queda. O corredor, mesmo experiência, precisa se manter ativo em atividades capazes de gerar essa força muscular.

 

Como aumentar a força dos músculos? Atividades interessantes para isso!

 

Como explicamos até aqui, a melhor forma de evitar lesões é fortalecendo os músculos – tanto da perna como os demais, como o coluna, por exemplo. E quais atividades extras são interessantes para o corredor? Separamos algumas!

 

  • Pilates

 

O Pilates é uma ótima opção para os corredores, pois ele auxilia na musculatura como um todo, diminuindo as chances de lesões nos treinos e aumentando a força física como um todo.

A grande vantagem do Pilates é justamente trabalhar o corpo de uma forma geral, trazendo melhor resistência para vários grupos musculares ao mesmo tempo – o que é excelente para quem treina pesado.



Leitura Recomendada:

 

Você conhece o Pilates e sabe o que ele pode trazer de bom para sua saúde e para seu corpo como um todo? Conheça os 7 benefícios dessa atividade que só cresce no país! Baixe nosso e-book gratuito e se encante com o método!



  • Musculação

 

Além do Pilates, temos a musculação como uma ótima aliada para diminuir as chances de lesões nos treinos de corrida. Porém, vale lembrar que ela trabalha um músculo de cada vez e, por isso, precisa ser feita com mais frequência do que o Pilates.

 

Seja qual for o exercício adicional escolhido, é muito importante se preocupar em fortalecer seus músculos e, assim, diminuir os problemas comuns do treino. Faça uma aula gratuita no nosso studio!

 

Gostou das nossas dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos!

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais