Os melhores exercícios físicos para acabar com a ansiedade e depressão

Fazer exercícios físicos é uma recomendação que vale pra qualquer pessoa que preza pela saúde, em especial aquelas que sofrem de ansiedade e depressão. É que esse tipo de atividade libera hormônios ligados ao bem-estar, aumenta a autoestima e promove a interação social – condições importantes para quem está em tratamento dessas doenças ou gostaria de evitá-las.

Quer dar um chega pra lá na ansiedade e na depressão? Então inclua em sua rotina um dos exercícios a seguir:

Caminhada

A boa e velha caminhada é indicada para todas as pessoas pela facilidade de praticar. Você só precisa de um bom tênis e disposição. Comece aos poucos, com cerca de quinze minutos por dia, e vá aumentando a frequência. Como o exercício libera endorfina, é natural que você fique “viciado” em caminhar e faça disso um hábito. De preferência opte por caminhadas ao ar livre, que dão uma sensação de bem-estar ainda maior. Mas, se não for possível, pratique da forma der. O importante é não ficar parado!

Corrida

A corrida tem ganhado cada vez mais adeptos pelo seu poder de eliminar o estresse – que muitas vezes leva à depressão e à ansiedade. A prática frequente libera hormônios que causam bem-estar e previnem de doenças emocionais. É uma boa pedida pra quem está cansado das caminhadas e já consegue iniciar um treino mais pesado. Se você nunca correu, procure um médico para verificar quais as suas limitações!

Ioga

A Ioga, ou yoga, é conhecida mundialmente pelos benefícios para diminuição do estresse. Conhecida há mais de dois mil anos, surgiu na Índia como uma filosofia de vida mas hoje sofreu diversas mudanças que “ocidentalizaram” a prática por aqui. Ela foca na harmonia do corpo e da mente priorizando a concentração e a meditação – esta com grande poder sob o nosso cérebro segundo inúmeros estudos científicos. De quebra ajuda na postura e na musculatura, aumentando a autoestima. 

Tai chi chuan

Apesar de ser uma arte marcial chinesa, não espere gritos, socos e pontapés. O tai chi chuan tem movimentos lentos e suaves que exigem muita concentração, quase como uma coreografia ou uma “meditação em movimento”. Ele foi criado com base na observação da natureza e ajuda a aliviar sintomas de depressão e ansiedade

Ritmos e zumba

Quem precisa de um exercício mais agitado, principalmente se sofre de ansiedade, pode se beneficiar de aulas de dança como ritmos ou zumba. Elas dão um chega pra lá no desânimo e ajudam a liberar o estresse do dia a dia. Também é uma ótima forma de interação social.

Pilates

O Pilates é muito utilizado para fortalecimento muscular ou como reabilitação, mas atualmente tem sido uma válvula de escape também para quem sofre de transtornos emocionais como ansiedade e depressão. Ele ativa a concentração e a respiração, essenciais para acalmar a mente.

Como você pode ver, todo exercício físico, de alguma forma, contribui com o tratamento de depressão e ansiedade. Não existe “melhor” ou “pior” exercício. O ideal é que você escolha aquele que tem mais a ver com o seu perfil e estilo de vida. Vale conversar com seu médico para pedir uma indicação e ir testando aquele que mais agrada.

Que tal começar pelo Pilates para diminuir a ansiedade e a depressão? Agenda uma aula experimental clicando aqui.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais