Pilates para ciclistas – Os benefícios da prática para eles!

Pilates para ciclistas – Os benefícios da prática para eles!
Avalie este post

Quem anda de bicicleta diariamente, seja por causa de treinos profissionais ou mesmo por prazer, sempre se pergunta se há algum exercício que possa complementar os treinos. Hoje, vamos falar do Pilates para ciclistas e explicar alguns benefícios da prática para eles! Confira mais abaixo!

 

Pilates para ciclistas – Os benefícios

 

Agende a Sua Aula Experimental

Agende a Sua Aula Gratuita num dos mais de 60 Espaços Pure Pilates em São Paulo.

Separamos abaixo alguns dos benefícios do Pilates para ciclistas, porém, há muitos outros que podem ser descobertos ao longo das aulas. Dê uma lida:

 

1- Melhora o desempenho no esporte

 

O primeiro grande benefício do Pilates para ciclista é a melhoria do desempenho no próprio esporte. Como ciclistas profissionais ou mesmo amadores, é comum que haja uma vontade de otimizar os treinos e fazer com que eles sejam mais bem sucedidos.

O Pilates, por trazer mais energia ao corpo como um todo, é uma ótima opção para quem quer melhor os treinos de bike, já que há muito mais disposição para tal.

 

2- Diminui as chances de lesões

 

O Pilates fortalece os músculos e, com isso, as chances de um ciclista, que também faz aulas, ter algum problema muscular são muito menores. Especialmente porque o trabalho da prática de Pilates envolve grupos musculares em geral, fazendo com que as paradas bruscas não seja, um problema, por exemplo.

Vale lembrar que isso não exclui completamente as chances de lesões causadas pela bicicleta em si, mas o Pilates para ciclistas ajuda – e muito – na hora de evitá-las.

 

3- Trabalha outros músculos necessários

 

Como explicamos acima, o Pilates trabalha grupos musculares como um todo, diferente do ciclismo, que costuma trabalhar os músculos das pernas e das costas de forma prioritária. Por isso, é comum que os ciclistas possuam músculos mais fracos em relação aos demais e devem fazer alguma atividade que compense essa diferença, como a musculação ou o Pilates.

Mas, por que escolher o Pilates para ciclistas ao invés da musculação, por exemplo? Em geral, essa é uma questão de perfil: quem anda de bicicleta costuma preferir ambientes diferentes da academia fecha e dos aparelhos, como é o caso das aulas em grupo ou até mesmo mais personalizadas.

Sugerimos que você faça uma aula experimental para decidir se gosta do Pilates ou não – já que a musculação é uma velha conhecida da maioria das pessoas.

 

4- Complementa o gasto calórico

 

Sem dúvidas, gastar calorias é sempre bem-vindo. E o Pilates ajuda bastante nessa tarefa já que uma aula pode gerar um gasto de até 500 calorias, dependendo da intensidade dela. Por isso, para os ciclistas iniciantes que estão querendo emagrecer, essa combinação tem tudo para dar certo e ser incrível.

Mas, não esqueça da alimentação: ela é indispensável para um resultado realmente positivo! Procure um nutricionista em caso de dúvidas e faça uma reeducação alimentar.

 

Gostou das dicas de hoje sobre Pilates para ciclistas? Agende uma aula experimental na Pure Pilates mais perto da sua casa e veja se a atividade não pode ser um complemento perfeito para os seus treinos!

 

E não deixe de compartilhar os textos nas redes sociais!

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais