Pilates tem idade?

Que o pilates proporciona uma série de benefícios para a saúde, todo mundo já sabe, mas será que a prática é indicada para todas as pessoas, sem restrições?

Seja o solo ou em aparelho, o pilates pode ser feito por qualquer pessoa e em todos os níveis de condicionamento físico, desde que sejam respeitados os limites individuais. Quer saber como a prática se diferencia e os seus benefícios a cada idade? Confira.

Pilates para jovens

Apesar de não ter uma idade mínima ideal para quem deseja começar a fazer pilates, crianças podem não usufruir do benefício da prática. Isso porque ela requer concentração e consciência corporal do aluno, e quanto menor a idade, maior a possibilidade de distrações e perda de atenção às séries de exercício.

Os jovens praticantes têm uma série de benefícios. Durante a fase de crescimento, é comum que sintam dores na coluna, também ocasionadas pelos maus hábitos modernos, como peso em excesso na mochila, má postura na escola durante as aulas e muitas horas sentados no videogame ou no computador. Esse conjunto de fatores pode causar problemas para a saúde dos jovens, e o pilates tem o papel de prevenir, minimizar e até mesmo corrigir desvios posturais.

Além disso, a prática eleva a autoestima, já que permitem um maior domínio sobre o corpo e melhoras físicas, bastante procurados durante a adolescência, período de descobertas e afirmação.

Pilates durante a gestação

É essencial consultar o médico para que as devidas orientações sejam repassadas em cada caso, mas engana-se quem pensa que as gestantes não podem praticar o pilates ou então devam interromper a prática.

Depois do terceiro mês, e até o sétimo, com a devida orientação médica, os benefícios são proporcionados tanto para as mulheres quanto para os bebês. Dentre eles está o fortalecimento e alongamento da musculatura do abdômen, diminuição de desconforto pelo inchaço das pernas e das dores na coluna por conta das mudanças corporais.

Além disso, a prática do pilates também acelera a recuperação pós-parto, o que proporciona maior bem-estar às mulheres.

Pilates na terceira idade

Os cuidados com a saúde devem ser tomados durante toda a vida, e não seria diferente na terceira idade. As atividades físicas são mais do que bem-vindas nessa fase, inclusive o pilates, claro, com as devidas orientações médicas. Além da prática ser parte do tratamento de patologias na coluna vertebral, ela também proporciona benefícios nos casos de artrose, fortalece a musculatura e previne a osteoporose, sem prejudicar a estrutura óssea do paciente, já que os exercícios são realizados sem impacto.

Os idosos praticantes de pilates experimentam uma melhora no equilíbrio, coordenação motora, flexibilidade e circulação sanguínea.

Apesar dos benefícios para a saúde que a prática do pilates proporciona para os praticantes, independentemente da idade que tenham, os efeitos dos exercícios podem ser sentidos no dia a dia, como o aumento da disposição e autoestima, ambas essenciais para o bem-estar e a qualidade de vida.

E você, já praticou ou tem vontade de começar a fazer pilates? Conte pra gente pelos comentários.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais