7 Dicas para turbinar sua aula de Pilates

Que a aula de Pilates é eficaz para seus alunos, você já sabe, mas ela pode se tornar ainda melhor e trazer resultado mais rápido com algumas mudanças. Cabe ao instrutor orientar o aluno para que ele tire o melhor proveito do método, prestando atenção nos seis princípios básicos do Pilates e incentivando a evolução pessoal. Por isso, selecionamos algumas dicas para turbinar a sua aula de Pilates, confira:

1. Invista em novos equipamentos

Além dos tradicionais equipamentos, busque novidades no mercado como plataformas vibratórias, acessórios de Neopilates ou Pilates suspenso. Tudo isso ajuda a diversificar as aulas e dificultar a série.

2. Pergunte como o aluno se sente

Assim que o aluno chegar na aula, pergunte como ele se sente naquele dia, se está com dores ou outros desconfortos. Isso vai ajudar a fazer alterações nos exercícios, caso seja necessário, para que o aluno se sinta mais confortável e a aula se torne mais eficaz.

3. Certifique-se de que o aluno se alimenta bem

Uma alimentação balanceada é importante para a prática do Pilates. Certifique-se de que seu aluno está se alimentando antes do exercício com um tempo hábil para digestão, além de saber se os alimentos são indicados ou são muito pesados, o que pode atrapalhar a prática.

Alimentos integrais, frutas e cereais são mais indicados, mas até mesmo uma xícara de café pode potencializar o treino. É que a cafeína aumenta a resistência por afetar o modo como os músculos usam a energia em seu corpo. Essa substância mobiliza a gordura para que seus músculos usem como combustível, em vez de glicogênio, permitindo que o aluno se exercite por mais tempo, além de contribuir com a redução de dores musculares.

4. Ensine exercícios para que o aluno pratique em casa

Indique algumas séries simples ou alongamentos para o aluno fazer em casa ao acordar ou antes de dormir para potencializar o resultado do Pilates, aliviar dores e melhorar a qualidade do sono.

5. Sugira caminhada antes do Pilates

Oriente seus alunos a fazerem caminhadas leves antes da aula. Pode ser até no trajeto de deslocamento para o estúdio. Dessa forma ele já começa a se aquecer para a sessão, libera endorfinas, que geram bem-estar e queima algumas calorias, o que ajuda a ter um corpo mais definido. Lembre-se de orientar o aluno a caminhar da forma correta, cuidando da postura e sem colocar a pressão apenas nos joelhos e pés.

6. Faça avaliação periódica

Faça a avaliação do seu aluno quando ele inicia as aulas e de tempos em tempos para verificar a evolução e fazer possíveis mudanças de estratégia, caso seja necessário.  A avaliação é importante também para que o aluno tenha noção das melhorias e busque se aperfeiçoar cada vez mais.

7. Invista na decoração do estúdio

Você sabia que até mesmo a decoração do estúdio pode interferir no resultado das aulas? A organização, as cores, a limpeza, iluminação, a segurança dos equipamentos: tudo isso ajuda a turbinar a sua aula.

Gostou dessas dicas? Que outras estratégias você usa para turbinar a sua aula? Conte para a gente!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais