3 grupos musculares mais trabalhados durante o Pilates!

3 grupos musculares mais trabalhados durante o Pilates!
Avalie este post

Os grupos musculares mais trabalhados durante o Pilates nos ajudam a ter uma ideia de como a prática é benéfica e como ela pode auxiliar em diversos aspectos do corpo, como em dores ou até mesmo no fortalecimento geral e na criação de massa magra.

Mas você sabe quais são esses grupos principais? Separamos no texto de hoje 3 deles, confira!

Conheça 3 grupos musculares mais trabalhados durante o Pilates!

Pratique Pilates em Casa e supere a ansiedade da quarentena.

Agende sua Aula Experimental Online de Pilates ao vivo com um professor e descubra como a Pure Pilates já ajudou mais de 15 mil pessoas!

Se você pensa que o Pilates não promove força muscular, está muito enganado! A prática trabalha uma série de grupos de músculos, fortalecendo-os e os tornando mais saudáveis. Veja abaixo os 3 principais!

1- Quadríceps

O Quadríceps é o grupo muscular das pernas, que é altamente trabalhado no Pilates em diversos aparelhos. Como resultado, o praticante ganha mais mobilidade física, mais força e mais definição nessa área.

Outra grande vantagem de trabalhar essa região é a estética. Os músculos das pernas são responsáveis por um visual mais harmônico, além de serem facilmente definidos com alguns aparelhos do Pilates.

2- Glúteos

Quem pensa que os glúteos não estão entre os grupos musculares mais trabalhados durante o Pilates, está errado! Além das séries nos aparelhos, o Pilates também pode envolver agachamentos com a bola e outros exercícios que trabalham essa região.

Para quem quer desenvolver os glúteos, torná-los mais firmes e bonitos, com certeza a prática pode ajudar muito nesse sentido.

Como dica, vale a pena fazer agachamentos em casa para estimular ainda mais a criação de músculos na região – ou mesmo pedir para que o instrutor foque mais nos glúteos durante as aulas.

3 – Core

Por fim, um dos grupos musculares mais trabalhados durante o Pilates é o do core, onde estão localizados músculos como o do abdômen. Isso é excelente para quem deseja ficar mais definido nessa região e deseja ter uma estética mais harmônica.

Porém, essa região deve ser trabalhada também por outro motivo: a saúde. Quando temos gordura excessiva localizada no abdômen, passamos a ter mais chances de desenvolver doenças cardíacas e até alguns tipos de câncer. Por isso, vale a pena trabalhar essa região, assim como acontece no Pilates.

Esses são apenas 3 grupos musculares trabalhados no Pilates, porém, a prática tem a grande vantagem de otimizar basicamente todos os demais grupos musculares do corpo. Isso significa um resultado mais homogêneo e também mais saúde para o praticante.

Gostou do texto de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos e familiares. Até a próxima!

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais