Pilates em aparelhos ou no chão? Qual o melhor?

Pilates em aparelhos ou no chão? Qual o melhor?
Avalie este post

O Pilates em aparelhos é uma das modalidades mais comuns da prática, inclusive em studios com anos de experiência, como o Pure Pilates.

Mas, será que as aulas no chão não são boas soluções para os dias em que os alunos não forem ao studio? Qual a diferença nas duas modalidades?

Abaixo, vamos explicar melhor quando o Pilates em aparelhos é indicado e quando a prática no chão costuma ser melhor. Confira!

Agende a Sua Aula Experimental

Agende a Sua Aula Gratuita num dos mais de 60 Espaços Pure Pilates em São Paulo.

 

As vantagens de fazer Pilates em aparelhos

 

Precisamos explicar que o Pilates em aparelhos é uma prática completa – e esse é o motivo pelo qual ela é a mais comum de todas.

Separamos abaixo algumas das vantagens que essa modalidade oferece ao aluno:

 

1- Mais intensidade dos treinos

 

Os treinos com aparelhos são muito mais intensos, já que existe uma carga adicional além do corpo do aluno. Em geral, os aparelhos não possuem peso, porém, apenas as cordas ou mesmo o próprio estilo dele faz com que seja necessária mais força para realizar o movimento.

Assim, não é mito dizer que treinar em um studio completo trará mais resultados do que fazer isso em casa ou mesmo frequentando aulas em grupos de Pilates no solo. A grande questão é saber o que você espera da prática e usar essa informação a seu favor.

 

2- Melhor correção dos movimentos

 

O Pilates em aparelhos não permite tantas falhas de postura como o Pilates no solo. Isso porque todos eles são desenvolvidos exatamente para essa finalidade e possuem um mecanismos para impedir má postura dos alunos.

Já no solo, é mais difícil controlar o problema, especialmente em salas muito cheias. Dessa forma, pode ser arriscado para alguém que não tem familiaridade com o Pilates se aventurar sozinho ou mesmo em aulas sem instrutores especializados.

 

Quando fazer o Pilates no solo?

 

Apesar do que falamos, o Pilates no solo não é algo ruim, muito pelo contrário. O grande problema é saber que você tem condições de fazer movimentos em casa ou sozinho sem que isso signifique causar problemas para sua saúde e para a coluna.

Separamos algumas dicas para ajudar:

 

  • Se você tem o desejo de fazer Pilates no solo, a melhor solução é mesclar essas aulas com as aulas nos aparelhos. Porém, comece algumas semanas antes nos aparelhos e só depois migre para o solo. Assim, o seu corpo terá mais resistência e você conhecerá melhor os movimentos.

 

  • Evite fazer movimentos sem acompanhamento. Se desejar praticar em casa, peça ao seu instrutor que passe os treinos de uma forma muito clara e te ensine com antecedência, corrigindo os erros. Lembre-se que sua coluna pode sofrer muito em caso de forçar algo que não deve.

 

  • Aulas em grupos podem ser divertidas, mas é importante ficar de olho para não fazer nenhum movimento errado. Caso participe de aulas assim, peça ajuda ao instrutor sempre que tiver dúvidas e evite uma posição que você ainda não conhece.

 

Gostou das dicas de hoje sobre fazer Pilates em aparelhos ou no chão? Faça uma aula experimental conosco!  

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais