Pilates para a terceira idade: como ele combate as doenças dessa fase?

O pilates é uma atividade que traz inúmeros benefícios para a saúde e que pode ser feita em qualquer idade, por pessoas de qualquer perfil. Mas a prática do pilates traz benefícios ainda mais importantes para pessoas com mais de 60 anos, ajudando a prevenir doenças, manter a saúde, a vitalidade, a energia e a disposição no dia a dia. Saiba como praticar pilates beneficia pessoas da terceira idade no post de hoje.

Pilates para a terceira idade

O foco do pilates é fortalecer o tronco por entender que esta é a parte central do corpo, funcionando como seu núcleo. À medida em que envelhecemos, fica cada vez mais importante concentrar os esforços no fortalecimento dos músculos do tronco para que eles se mantenham firmes e possam dar o sustento necessário para a coluna e o restante do corpo.

Princípio do pilates

O pilates tem como um de seus princípios trabalhar conjuntos de músculos de determinada região do corpo, e não músculos específicos como ocorre na musculação, por exemplo. Dessa forma, evita-se sobrecarregar o músculo e fragilizar as juntas, o que faz do pilates um exercício de baixo impacto ideal para pessoas da terceira idade, que são mais suscetíveis a lesões e desgastes ósseos e de ligamento.

Benefícios do pilates para idosos

Combate dores nas costas

Com o passar do tempo, é normal que algumas pessoas desenvolvam problemas nas costas, como lordose, dores musculares na região lombar ou diminuição da capacidade de movimentação dos ombros e membros superiores. Por ajudar a fortalecer estes grupos de músculos de forma gradual, sem impacto e na medida mais adequada, o pilates é uma excelente forma não apenas de prevenir o surgimento destes problemas, mas também de recuperar os movimentos que antes eram limitados. Mesmo quem passou anos sem se exercitar pode reaver a flexibilidade e a agilidade que são tão pouco valorizadas na juventude.

Manutenção do equilíbrio

Quando envelhecemos, é normal que nossos joelhos, juntas e ligamentos fiquem desgastados e eventualmente passem a afetar a nossa noção de equilíbrio. É por isso que na terceira idade as quedas se tornam mais frequentes e também mais perigosas, podendo causar problemas de saúde sérios. Praticar pilates é uma forma de fortalecer também os músculos das pernas e manter as juntas bem “lubrificadas” para que elas possam funcionar bem. Assim, é possível reforçar o senso de equilíbrio, evitar quedas e traumas.

Prevenção da osteoporose

Praticar exercícios físicos é essencial para prevenir a osteoporose. Com o pilates não é diferente. Por ser uma forma eficiente de aumentar a densidade óssea, o pilates funciona como um aliado no combate à osteoporose e pode ser também eficiente para evitar o avanço da doença em quem já a possui.

Disposição, energia e saúde

Praticar pilates – e outros exercícios físicos também – é essencial para se manter ativo, ter bons níveis de energia, ter mais disposição para as tarefas do dia a dia e, como consequência, preservar a saúde e o bem-estar. Além disso, praticar pilates regularmente é uma forma de garantir a independência do idoso, pois ele se torna mais saudável, livre e muito bem disposto para curtir esta fase da vida com muito entusiasmo.

Quer saber mais sobre a prática de pilates para a terceira idade? Então acesse nosso site e informe-se!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais