Pilates x Musculação: Qual a melhor opção pra mim?

Muito se discute entre indicações para Pilates e Musculação. O Pilates é amplamente conhecido como uma atividade utilizada para adquirir condicionamento físico, além de muitos outros benefícios, como correção postural e potencialização da respiração, por exemplo. Já a musculação é um tipo de atividade mais voltada para quem busca aumentar a quantidade de massa muscular e de certo modo até a diminuir o percentual de gordura corporal.

Independentemente de qual for sua escolha, é importante frisar que tanto Pilates quanto a musculação ajudam no processo de tonificação muscular, algo muito importante para evitar lesões, fortalecimento de musculatura, além de contribuir para o processo de hipertrofia. A tonificação muscular gerada tanto pela musculação quanto pelo Pilates previne a perda óssea, algo importante no combate a osteoporose e aumenta o metabolismo, algo que ajuda a manter a boa forma. Confira a seguir quais são as diferenças entre Pilates e musculação.

Principais diferenças entre Pilates e Musculação

Essa é uma dúvida muito comum, quais são as principais diferenças entre essas duas atividades. Basicamente a principal diferença entre Pilates e musculação, é que a musculação tem como foco treinar partes especificas do corpo, como costas, bíceps, peitoral, tríceps, ombros e pernas, por exemplo, enquanto o pilates opta por um treino do corpo por inteiro.

Considerações entre Pilates e Musculação

Um treino realizado com pesos durante a musculação é capaz de te deixar totalmente cansado e exausto. Certamente será necessário um alongamento após o treino para evitar dores e até mesmo lesões musculares no dia seguinte.

Já os exercícios de pilates são mais energizantes e revigorantes, pois neles são trabalhados tanto o fortalecimento da musculatura, quanto o alongamento, fazendo com que haja uma economia de tempo. Além disso, muitos exercícios praticados no pilates trazem uma sensação de bem-estar corporal que se assemelha a uma massagem terapêutica corporal.

Dessa forma, é possível afirmar, que quando o desejo é ganho de massa muscular de maneira eficiente, bem como fortalecimento muscular a musculação é o tipo de atividade física mais indicado, enquanto isso o Pilates é uma ótima atividade física para tonificação dos músculos de maneira qualitativa, além de promover um ótimo ganho de condicionamento físico. O Pilates porém, é capaz de promover algo que a musculação não consegue, a realização de exercícios de maneira mais tranquila, calma que traz um alivio mental ao praticante.

Cabe a cada um realizar a escolha de acordo com as suas necessidades

Portanto agora que já sabemos a diferença entre Pilates e Musculação cabe a cada um procurar o exercício que melhor se encaixe às suas necessidades. Se você procura por ganho de massa muscular e potencialização de força, então você deve procurar pela musculação. Agora se se você quer apenas tonificação muscular, alongamento e correção de postura então o Pilates é a atividade mais indicada para você.  É importante salientar que ambas as atividades trazem benefícios à saúde de seus praticantes.

Pronto! Agora que você já sabe a diferença entre essas duas atividades, basta escolher qual é a que completa suas lacunas de necessidades e começar a praticar o mais rápido possível! Compartilhe esse texto, faça com que mais pessoas saibam a diferença entre Pilates e musculação e tenham uma vida mais saudável.

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais