Pilates para quem está se recuperando de um acidente ou cirurgia

Pilates para quem está se recuperando de um acidente ou cirurgia
Avalie este post

O Pilates para quem está se recuperando de alguma cirurgia, acidente ou qualquer outro problema que tenha afetado a mobilidade e esteja causando dores musculares ou nas articulações é uma excelente opção, porém, é importante entender exatamente cada caso de uma maneira particular e como a atividade pode ajudar. 

No texto de hoje, separamos algumas dicas importantes sobre o assunto, além de exemplificar os principais cuidados para quem está em um situação parecida. Confira abaixo!

 

Agende a Sua Aula Experimental

Agende a Sua Aula Gratuita num dos mais de 60 Espaços Pure Pilates em São Paulo.

O Pilates para quem está se recuperando ajuda?

 

Segundo uma pesquisa da Universidade de São Paulo, publicada em 2015, o Pilates é uma das atividades mais poderosas no que diz respeito à recuperação muscular e de articulações, inclusive no caso de quem sofreu algum acidente ou passou por cirurgias muito invasivas. 

Isso porque a atividade trabalha os músculos de uma maneira generalizada e bastante intensa, porém, sem que haja um excesso de peso depositado neles, como acontece muitas vezes com a musculação ou outros exercícios sem aparelhos.

O Pilates também corrige problemas de postura, algo importante para pessoas que estão em recuperação, seja muscular ou mesmo óssea, como é o caso de quem sofreu um acidente, por exemplo. 

 

Cuidados importantes que você precisa após um acidente ou cirurgia

 

Antes de começar a fazer o Pilates, é importante tomar alguns cuidados que podem ajudar a ter um treino melhor e até a se recuperar de maneira mais adequada. Confira abaixo:

 

1- Siga orientações médicas

 

É essencial que você siga à risca as orientações do seu médico, independente do quanto sinta vontade de se exercitar. Se perceber que uma atividade como o Pilates irá fazer bem para sua recuperação, converse com o seu médico e peça o aval dele para isso. 

Jamais comece o exercício sem fazer isso, pois às vezes será preciso esperar mais um pouco até que seu corpo esteja pronto para retomar às atividades. Tenha sempre responsabilidade e se cuide antes de qualquer coisa!

 

2- Avise o seu instrutor

 

O Pilates para quem está se recuperando é diferente do treino comum, que costuma ser muito mais intenso e aumentar gradualmente conforme o aluno se sente mais preparado. 

No caso de uma lesão ou cirurgia, o seu instrutor deve saber das suas limitações para que o treino não tenha nenhum excesso e possa te causar mais mal do que bem.

Por isso, informe o studio e jamais faça nada além daquilo que sua mobilidade permite. Mesmo que você queira emagrecer ou criar músculos, só faça isso respeitando o seu corpo. 

 

3- Faça exames periódicos

 

Se após a sua cirurgia ou acidente o Pilates esteja ajudando, ainda assim é importante realizar exames para saber como anda a sua saúde uma forma geral. Veja se as lesões estão sendo curadas e continue o acompanhamento médico conforme o calendário estipulado por ele. 

Lembre-se, mais uma vez, de pegar leve com o seu corpo e ir aos poucos. É melhor evoluir dia após dia do que sofrer com uma nova lesão por causa dos excessos. 

 

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos!

Deixe seu comentário

Descubra como Pure Pilates Ajudou Mais de 15.000 Pessoas

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais