Como estimular a frequência nas aulas de pilates?

O inverno está quase aí, e com ele chega o frio e aquela vontade de ficar em casa o máximo de tempo possível. Antes do trabalho ou depois dele, estar em casa e debaixo das cobertas é uma oferta tentadora, e muitas pessoas acabam deixando de lado as atividades físicas, ou diminuindo a frequência com que as praticam.

A diminuição no movimento de academias e estúdios nessa época do ano é bastante comum, inclusive nos de pilates. Mas como incentivar o seu aluno a manter a frequência das aulas? Listamos algumas atitudes que podem lhe ajudar. Confira.

Seja verdadeiro quanto aos resultados

A primeira dica é válida principalmente quanto aos alunos novos. Ouvir as expectativas de quem chega até o estúdio e ser sincero quanto aos resultados e o tempo em que virão é essencial para começar uma relação duradoura. Isso porque, quando ciente do que será trabalhado, o aluno se sente motivado a dar continuidade às aulas e se esforça para se superar a cada semana.

Crie uma relação de continuidade

Uma aula nunca é isolada: é preciso que ela seja parte de um programa, e mais do que você, o aluno deve saber disso. Para incentivar a frequência, crie uma relação de continuidade, explicando, ao término de cada sessão, o que será feito na próxima e o porquê dos exercícios escolhidos.

É importante manter o aluno a par de tudo que é trabalhado durante a aula de pilates, até para que ele consiga ter uma percepção dos resultados no seu dia a dia. Simples gatilhos, como se despedir dizendo um “até tal dia” cria uma situação de compromisso, o que pode ser positivo para que o aluno não falte.

Diversifique os exercícios

A prática de exercícios físicos deve ser prazerosa, e não é diferente com os de pilates. Portanto, prepare aulas divertidas para os seus alunos, diversificando os exercícios que são passados. Assim, a cada etapa ele terá um novo desafio a conquistar, o que o manterá empolgado para ir às aulas.

Mas tenha cuidado. Mudar de exercícios a todo momento pode ser uma estratégia tão fálica quanto dar aulas iguais. Tenha bom senso e proporcione a continuidade dos exercícios, para que os alunos possam perceber a sua evolução, o que é mais do que um estímulo para continuarem frequentando o pilates.

Se faça presente no dia a dia dos alunos

Você já pensou em investir em marketing digital? Adotar estratégias de relacionamento é essencial não só para conquistar novos alunos, como também para fidelizar os antigos. Por exemplo, se você tiver perfis ativos nas redes sociais, e com conteúdos de interesse e relevantes para o seu público, com certeza ele se sentirá mais próximo, e também mais estimulado a comparecer às aulas.

Além disso, você pode dar dicas de exercícios que podem ser feitos em casa, e dessa forma tornar o pilates ainda mais presente na vida dos seus alunos.

Viu como incentivar a frequência dos seus alunos nas aulas de pilates não é tão complicado assim? Você adota alguma outra estratégia? Conte pra gente pelos comentários.

Deixe seu comentário

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais