Por que todo homem deveria fazer Pilates?

O Pilates é uma atividade ainda dominada por mulheres, mas aos poucos os homens têm conhecido os benefícios e buscado a prática até mesmo em substituição à musculação ou como aliada no rendimento de outros esportes. Seja para criar músculos, ficar mais forte ou apenas como uma alternativa saudável ao sedentarismo, todo homem deveria fazer Pilates, mas muitos ignoram a recomendação de especialistas por preconceito ou falta de conhecimento.

Ter um “pé atrás” com os estúdios de Pilates não faz sentido, a começar pelo fato de que o criador da prática era homem. O alemão Joseph Pilates aplicou a técnica em si mesmo com sucesso para superar desvantagens físicas por conta de doenças da infância como raquitismo, asma e febre reumática, e treinou outros homens, como o alemão campeão mundial de boxe Max Schmeling (1905-2005). Durante a primeira guerra mundial ele ainda usou a técnica na reabilitação de soldados.

Então, se você achava que Pilates não era coisa de macho, é hora de mudar seus conceitos. Veja alguns motivos para todo homem praticar o método:

Motivos para qualquer homem praticar Pilates

Tonifica todo o corpo sem perder a flexibilidade

Na aula de Pilates trabalha-se a musculatura do corpo todo, por isso a atividade se torna até mais difícil de praticar do que a musculação. Além de tonificar, não leva à hipertrofia do músculo, isso faz com que você não perca flexibilidade – um problema comum nos homens. O método é uma das atividades que mais alonga o corpo e melhora a coordenação, ajudando a exercer as atividades do dia a dia.

Alto nível de dificuldade

Quem pensa que o treino de Pilates é moleza está bem enganado: há um repertório de mais de mil exercícios feitos em aparelhos próprios (que podem ter carga ou usar apenas o peso do corpo) em séries de repetições que vão aumentando o nível de dificuldade conforme a evolução do aluno. Ao mesmo tempo em que se executa o exercício, é preciso pensar na postura, na respiração e nos demais músculos que não estão sendo usados naquele momento. É um trabalho que envolve todo o corpo e a mente.

Abdômen definido

O fortalecimento da musculatura central do corpo, conhecida como power house, é um dos principais objetivos do Pilates. O “centro de força”, como também é chamado, envolve abdômen, coluna e região pélvica. Ter domínio dessa área é muito importante para conseguir realizar os exercícios. O resultado é um abdômen bem definido e forte.

Melhora a disposição sexual

O Pilates está longe de ser uma atividade com foco na meditação, mas por conta da concentração e da respiração ele ajuda a driblar o estresse, além de promover bem-estar físico e mental, o que consequentemente ajuda no sexo. Sem falar na flexibilidade e força adquirida.

Outra vantagem do Pilates é o fato de trabalhar a musculatura pélvica e promover maior controle da área, proporcionando aumento do prazer sexual e reduzindo as chances de câncer de próstata.

Melhora o desempenho em outras atividades físicas

Quem pratica outras atividades como artes marciais, tênis, corrida ou até mesmo o bom e velho futebol pode se beneficiar do treino de Pilates e melhorar o desempenho em outros esportes. É que o método trabalha postura, estabilidade, flexibilidade, coordenação, fortalecimento e resistência, tudo o que é necessário para se dar bem nas demais atividades, além de ajudar a prevenir lesões e contusões ocasionadas pela falta de preparo físico.

Esperamos que você tenha mudado de ideia sobre o Pilates e comece a praticar o quanto antes. Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reserve sua aula gratuita!

Agendar Agora

Seja um franqueado!

Saiba mais